Conheça nosso Blog
como anunciar no google

Como anunciar no Google e aumentar suas vendas

Você já pensou em anunciar no Google? Quando o assunto é anúncios na internet, o Google é sempre citado. Este é o site mais acessado do mundo e só nele são feitas 90% das pesquisas de toda a internet. Não é à toa que ele domina o mercado de publicidade online e, quando desejamos fazer com que nossa empresa seja vista e reconhecida, é lá onde queremos anunciar nossos produtos para as pessoas certas.

Como anunciar no Google

Através de uma ferramenta chamada Google Ads, o Google disponibiliza uma espécie de suporte por onde são criados todos os anúncios que aparecem nas buscas, ou enquanto navegamos em alguns sites pela internet. Todos aqueles links que vemos quando fazemos uma pesquisa qualquer no Google e que mostram uma indicação em verde escrito “anúncio” são frutos de investimentos no Ads. Se você quer anunciar no Google, esse é o caminho.

Tenha sempre em mente que o Google é extremamente inteligente. Ele classifica tudo o que aparece de acordo com a qualidade, seja de anúncios ou links de busca. Então, busque sempre manter um alto nível de qualidade em qualquer conteúdo que colocar na internet. Isso fará com que ele seja visto por mais pessoas.

A inscrição no Ads é gratuita. Porém, quando alguém clica no seu anúncio – quando sua publicidade, de fato, funciona – é descontado um valor em dinheiro de você. Ou seja: sem acessos, sem cobranças. O valor descontado depende do orçamento estipulado por você inicialmente. Você escolhe quanto investe em seus anúncios e nunca gastará mais que o valor escolhido.

Todos os itens do anúncio customizados por você (texto, título, link, dentre outros).  O primeiro passo é escrever o título. É importante que ele seja curto o bastante para que apareça por inteiro, mas não tão curto a ponto de não explicitar do que se trata o seu anúncio. O título deve ter por volta de 25 caracteres. Lembre-se que este é o primeiro item que as pessoas leem e, a partir dele, decidem se aquele anúncio é interessante ou não – portanto, escolha bem o seu título. As palavras utilizadas devem ser especialmente escolhidas por conta das buscas (falaremos disso a seguir).

Depois disso, você deve adicionar o link que irá aparecer no seu anúncio. Esta não é, necessariamente, a página de direcionamento do anúncio, mas sim a URL que aparece nele. A URL de visualização deve ter por volta de 35 caracteres.

Então, é hora de adicionar mais uma parte importante: a descrição. Ela é usada para dar mais detalhes sobre o anúncio e, de fato, convencer as pessoas a clicarem nele. Uma boa dica é adicionar uma “call-to-action” (uma chamada para uma ação que você quer que o cliente faça), como “Confira nosso catálogo”, “Peça seu orçamento agora” ou “Compre aqui”. Ela deve ter por volta de 35 caracteres em cada linha.

anúncio no Google

A posição em que seu anúncio irá aparecer depende de vários fatores. O Google determina uma fórmula chamada “classificação do anúncio” que atribui uma pontuação aos anúncios e, a partir disso, é definida a posição em que ele irá aparecer. Essa pontuação é calculada a partir do seu orçamento, da qualidade dos seus anúncios e da qualidade da página de destino do anúncio. Esses itens determinam em qual página de busca seu anúncio irá aparecer e em qual posição (se será o primeiro ou segundo, se ficará no topo da página ou na parte inferior).

Após ter seu anúncio criado você precisa analisar os dados sobre ele para saber se deve prosseguir com o que foi feito, fazer um novo, alterar algo, modificar o orçamento ou modificar qualquer item. O próprio Ads cria relatórios que fornecem informações sobre a interação dos clientes com seus anúncios.

Palavras-chave

Como dissemos anteriormente, as palavras-chave são muito importantes para o seu anúncio. Para que você entenda como elas funcionam, vamos criar um exemplo: se você quer encontrar um restaurante de comida japonesa no Rio de Janeiro, por exemplo, e pesquisa por isso no Google, irá aparecer anúncios e links com as palavras que você utilizou. Provavelmente, os anúncios que aparecem utilizaram as palavras que você buscou (ou sinônimas) como palavras-chave.

Ou seja, ao criar o anúncio, você pode escolher uma lista de palavras-chave que considerar relevante ao seu negócio para que ele apareça para pessoas que estão interessadas no assunto e que, por isso, apresentam maior probabilidade de se tornarem seus clientes.

Além disso, existem diferentes tipos de correspondência que irão interferir em como as pessoas chegarão até seu anúncio. Isso diz respeito às pesquisas que irão acionar o seu anúncio. Quanto mais ampla for a correspondência, mais palavras buscadas irão alcançar seu anúncio; porém, o nível de segmentação será menor. Os tipos de correspondências são:

  • Correspondência ampla: os anúncios serão exibidos em buscas relacionadas às suas palavras-chave ainda que contenham erros ortográficos, sinônimos ou demais variações.
  • Correspondência de frase: os anúncios serão exibidos em pesquisas de frases que contenham a sua palavra-chave.
  • Correspondência exata: seus anúncios só serão acionados caso a pesquisa apresente os termos exatos da palavra-chave.
  • Correspondência negativa: determina que os anúncios podem ser exibidos ainda que a pesquisa não contenha palavras-chave determinadas por você.

Dicas válidas e práticas

Existem algumas boas dicas que você pode seguir para que o Google classifique seu anúncio como relevante ou não. Como já dissemos, a qualidade do anúncio e da página de direcionamento são essenciais para que o anúncio apareça nas primeiras posições. Além disso, essas recomendações poderão te ajudar:

  • Dê detalhes sobre o produto e serviço;
  • Ilustre a página de destino com imagens e vídeos;
  • Produza textos de alta qualidade e relevância para seu público;
  • Utilize linguagem clara, bem explicativa, que facilite a leitura.

O que não fazer

Em resumo, vimos que é preciso apresentar conteúdos de qualidade para anunciar no Google. Esse é o maior segredo para que seus anúncios sejam vistos. Por conta disso, existem algumas coisas que você não deve fazer quando criar um anúncio, pois se tratam de pontos que são mal vistos pela ferramenta e farão com que seu anúncio não seja mostrado em uma posição relevante. São eles:

  • Títulos que contenham palavras inteiras com letras em caixa alta;
  • Pontos de exclamação nos títulos;
  • Sequência de sinais, como de pontos de interrogação (????) ou exclamação;
  • A expressão “clique aqui”, pois ela não é bem vista pelo Google.

Anunciar no Google não é algo tão simples! São muitos conhecimentos e estratégias que você precisa aplicar para que seus anúncios sejam vistos pelo seu público, e para que gerem cliques. A melhor forma de fazer isso é contando com uma consultoria em marketing digital. Nós, da Trii, temos muita experiência com as ferramentas usadas para anunciar no Google e estamos prontos para criar e gerenciar anúncios para o seu negócio da maneira mais eficaz. Venha nos visitar!

 

Links úteis:
links patrocinados
anunciar no Google
como divulgar minha empresa
agência de marketing digital
como anunciar no Google

 

Compartilhe:

Posts RecentesTags