Por Ana Carolina Carvalho
11 de novembro de 2021

Sua empresa está preparada para a temporada de compras no final do ano? Depois da Black Friday, esse período de festas costuma ser um dos mais lucrativos para o varejo, impulsionado pelos feriados de Natal e Ano Novo. Com grande parte da população vacinada, este ano promete altas expectativas: o comércio varejista deve movimentar R$ 34,3 bilhões, um aumento de 4,3% em relação à mesma época em 2020.

E você, já planejou suas campanhas e fez os ajustes necessários nos seus canais de vendas? A Trii listou algumas dicas de marketing que serão essenciais para te ajudar a alavancar seu faturamento nesse final de ano. Confira!

Perspectiva do mercado para o fim de 2021

De acordo com uma projeção feita pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), as vendas no varejo brasileiro devem crescer 4,9% até o fim do ano. O avanço na vacinação contra o Covid 19, aliado ao aumento gradual da circulação de pessoas são os principais fatores de elevação do setor. Entretanto, com o fechamento das lojas físicas imposto pela pandemia, empresários tiveram a necessidade de se render a canais digitais, para não perder sua perspectiva de vendas. De acordo com um recorte especial de sondagem realizado pelo Estadão, em Junho de 2021 as vendas online já representaram 21,2%, incluindo fechamentos em site, aplicativo da loja ou WhatsApp.

Portanto, para esse fim de 2021, a indicação é que as marcas invistam cada vez mais no comércio online. Afinal, os hábitos de consumo seguem mudando por conta da pandemia. A facilidade e conveniência se tornou um dos fatores básicos de consumo no pós-pandemia. Saiba mais sobre isso, a seguir.

Hábitos de consumo dos brasileiros: o que mudou?

A accenture divulgou a pesquisa Life reimagined: motivações para consumidores modernos em Junho de 2021, divulgando o que mudou no hábito de consumo em diversos países, incluindo o Brasil.

Segundo os dados apresentados, a maioria dos consumidores reimaginou seus hábitos no decorrer do período pandêmico. Essas pessoas, retratadas como “reimaginados” no estudo, querem ver as empresas abordando temas como saúde e segurança ou origem de produtos.

A pesquisa incluiu mais de 25.000 consumidores em 22 países. 50% dos entrevistados – os reimaginados – relevou que a pandemia trouxe uma reflexão sobre propósitos pessoais e uma reavaliação sobre o que é importante. Esse perfil está mudando seu hábito de consumo nos 14 setores estudados pela accenture.

Quais são as novas motivações de consumo?

1) Segurança e saúde: como você está cuidando do bem-estar dos seus funcionários? E dos seus clientes? Após uma pandemia mundial, a preocupação com a saúde e a segurança é um fator primordial para fechamento de compra.

2) Serviço e cuidados pessoais: essa nova motivação engloba o atendimento ao cliente. Ele quer sentir-se reconhecido, respeitado. A expectativa é que os serviços de atendimento, principalmente nas compras online, melhore. Respostas rápidas e considerando o problema que ele precisa solucionar.

3) Facilidade e conveniência: mais do que nunca a integração entre o online e offline se faz necessária. O cliente quer te encontrar no canal que for mais conveniente para ele, realizar transações de diferentes formas, comprar online e ter retirada grátis na loja, por exemplo.

4) Origem do produto: sua empresa tem responsabilidade social e ambiental entre os valores? Faz escolhas sustentáveis, ajuda a comunidade local? Os “reimaginados” querem saber como o produto é feito, como a empresa atua na sociedade e muito mais. Ele quer sentir-se próximo da marca que consome.

5) Confiança e reputação: é real a necessidade de apresentar para os consumidores o que a empresa defende, como contribui para a sociedade, como trata seus funcionários. Se o consumidor não se sente representado por aqueles valores, ele certamente não irá fechar negócio.

Vemos o informativo

Veja como preparar sua estratégia de marketing digital para o fim do ano

Otimize o seu site para o aumento do volume de tráfego

Seu site é um dos canais mais importantes da jornada do consumidor, principalmente se for uma plataforma de e-commerce. É por meio dele que o usuário obtém mais informações a respeito da sua empresa, podendo decidir pela compra e efetuá-la de forma online por lá mesmo.

No período das férias é comum que haja um boom de acessos e seu site fique sobrecarregado. Para evitar quaisquer erros decorrentes do tráfego intenso, como lentidão ou interrupções, recomendamos que você prepare seu site desde já.

A experiência do usuário no seu site pode ser potencializada com algumas melhorias, como:

Vemos o informativo

Adote um perfil mais festivo nas redes sociais

As redes sociais são um ótimo canal para criar, nutrir e manter o relacionamento com o seu lead. Por lá, você pode compartilhar conteúdo relevante, fazer sorteios, distribuir brindes, promover eventos, entre outras ações.

Uma boa dica para usar Instagram, Facebook e outras plataformas a seu favor é adotar uma postura contínua e festiva, especialmente nessa época do ano. Este pode ser o grande diferencial para chamar a atenção do seu público e causar um impacto positivo.

Você pode criar um ambiente animado nos perfis da sua empresa, com a identidade visual combinando com a época natalina. Fale bastante sobre as festas e adapte todas as suas artes e publicações para conversar com este conceito. Além disso, aproveite o espaço para avisar aos seus seguidores sobre as promoções de fim de ano.

Use palavras-chave mais segmentadas para a época

As palavras-chave utilizadas na otimização do seu site ou nas campanhas de anúncios são primordiais para que o seu produto ou serviço seja encontrado pela buyer persona. Aqui, a segmentação é muito importante — é válido identificar os termos mais buscados no final do ano e traçar uma estratégia para utilizá-los nas suas plataformas.

Para gerar maior tráfego orgânico e ter anúncios mais eficientes, selecione keywords mais específicas e direcionadas para o período sazonal. Exemplos como “presente de natal”, “natal 2021” e “ofertas de feriado” são perfeitos para ilustrar a segmentação de acordo com o seu negócio.

Para escolher as melhores palavras-chave, lembre-se de três fatores básicos: volume de pesquisa, nível de competição e valor de custo por clique. Essas informações você encontra no Google Ads, plataforma oficial de anúncios do Google.

Vemos o informativo

A Trii pode te ajudar a alavancar suas vendas!

Essas são apenas algumas das estratégias de marketing digital que você pode adotar para aumentar suas vendas nesse período. Dependendo da verba disponível, conseguimos traçar um plano de ação para sua campanha de final de ano. Conte com a expertise da nossa equipe e venda mais pela Internet!